Buscando uma saída.

Foto: Internet

Entre janeiro e agosto, 2,253 milhões de brasileiros pediram demissão de forma espontânea das empresas.

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho registrou um crescimento de pedidos de demissão espontânea entre os meses de janeiro até agosto batendo o número de 2,253 milhões o número equivale a 23% do total de desligamentos registrados no país no período.

A demissão espontânea costuma acompanhar os movimentos de melhora e piora do mercado de trabalho. Nos períodos em que o Brasil gerava muitos postos de trabalho, a demissão espontânea chegou a responder por 30% dos desligamentos registrados. Com a crise, a fatia dos trabalhadores que se desligava por vontade própria chegou a cair para 20%.

"Um momento de mudanças no mercado de trabalho, economico e político".

- Redação

Estas mudanças ocorrem em um momento de mudanças no mercado de trabalho, economico e político. Os maiores beneficiados são pessoas com melhor qualificação que conseguem migrar facilmente para outras frentes de trabalho, não fala-se somente da qualificação formal e acadêmica mas aquele que entende muito do trabalho que faz .

O motivo mais recorrente para o pedido de demissão atualmente está relacionada a qualidade de vida e o recurso de melhor recolocação no mercado de trabalho é a rede de contatos.

Quem somos

Trabalhamos para dsenvolver as melhores mídias e plataformas de comunicação.Por estes meios mostramos a cidade de São Gonçalo do Amarante para os cidadãos e cidadãs, e para os turistas, com todas as nuances.

Anuncie aqui.

Confira os nossos planos e soluções em marketing digital.

saogoncalorn.net.br